Início Notícias Associação abre inscrições para aulas gratuitas de stand-up para autistas em Fortaleza

Associação abre inscrições para aulas gratuitas de stand-up para autistas em Fortaleza

7 leitura mínima
0
0
35
#


Após o sucesso da primeira edição, ocorrida entre dezembro de 2019 e novembro de 2020, com pausas devido à pandemia, o projeto TEA(MAR), realizado pela Associação Fortaleza Azul (FAZ), ganhará uma nova edição em 2022. A iniciativa tem por objetivo proporcionar bem-estar, qualidade de vida e inclusão esportiva e social para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias, com aulas gratuitas de stand-up paddle, na Praia do Mucuripe, em Fortaleza. Ao todo, serão abertas 80 vagas para autistas com idade a partir de quatro anos, residentes em Fortaleza ou Região Metropolitana.

Desta vez, o projeto será dividido em duas turmas de 40 alunos cada, que terão vivências na prática do esporte durante seis meses. As inscrições serão abertas na quarta-feira, dia 01 de dezembro, quando será disponibilizado um formulário no perfil do projeto no Instagram (@projetoteamar). As aulas terão início no dia 08 de janeiro e ocorrerão quinzenalmente, sempre aos sábados.

O projeto TEA(MAR) é desenvolvido em parceria com a Ceará SUP Club, escola especializada no ensino e prática do stand-up paddle. Todos os alunos serão acompanhados, individualmente, por um instrutor profissional ou estudante da área de educação física. Além dos benefícios terapêuticos da prática esportiva, o projeto também proporciona ganhos significativos para a inclusão e a socialização das pessoas autistas.

Aprovado na Lei de Incentivo ao Esporte do Ceará, do Governo do Estado do Ceará, em edital da Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv), o TEA(MAR) conta com apoio da Enel Ceará, mas segue em busca de novos parceiros que possam contribuir para o alcance de um maior número de pessoas com autismo.

A diretora administrativa da FAZ, Renata Fernandes, explica que, antes do início oficial do projeto, foram realizadas aulas experimentais de stand-up paddle com crianças e adolescentes que fazem parte da Associação, para testar a adaptabilidade delas ao esporte. Os resultados foram positivos e, a partir disso, surgiu a ideia de ampliar a experiência para um número maior de pessoas.

Sobre o Stand Up Paddle

O Stand Up Paddle Boarding, ou SUP, é um desporto aquático, variante do surf, no qual o praticante, em pé numa prancha, usa um remo para se mover na água. A atividade tem raízes na Polinésia e foi desenvolvida no Havaí, no começo da década de 1960.

No início dos anos 2000, alguns surfistas havaianos como Dave Kalama, Brian Keaulana, Rick Thomas, Archie Kalepa e Laird Hamilton começaram a praticar o Stand Up Paddle como uma forma alternativa de treino, quando o mar não estava em condições para a prática do surf, o que passou a ser copiado em vários países. No Brasil, o desporto chegou por intermédio de dois surfistas (Jorge Pacelli e Haroldo Ambrósio), que trouxeram equipamentos modernos e passaram a disseminar a prática. O interesse foi crescendo e se tornou febre, praticado em praias do Rio de Janeiro, litoral São Paulo, no sul do país, em lagos em Brasília e mais recentemente de maneira muito forte em diversas praias do Nordeste, como foi o caso de Fortaleza.

Sobre Associação a Fortaleza Azul (FAZ)

A Associação Fortaleza Azul (FAZ) existe desde 2015 e tem como objetivo reunir familiares de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) para ações de conscientização, informação e inclusão desses indivíduos na sociedade. Atualmente, a entidade conta com cerca de 300 famílias associadas.

Entre as ações realizadas ao longo dos anos estão projetos como sessões de cinema adaptado para autistas; Jornadas de Autismo durante o Dia Mundial do Autismo, em parceria com profissionais de saúde, entidades governamentais e empresas; encontros de familiares de pessoas com TEA para debates e acolhimento; palestras em escolas e capacitação de educadores na inclusão de autistas nas escolas regulares; além de datas comemorativas e em parceria com grandes instituições em Fortaleza.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − nove =

Verifique também

PF deflagra Operação Policial Colosseum que investiga fraudes e corrupção em obra do estádio Castelão

A Polícia Federal deflagrou a Operação Policial Colosseum, na manhã desta quarta-feira (15…