Início covid-19 Boletim aponta redução de 44% dos casos de Covid-19 em Fortaleza

Boletim aponta redução de 44% dos casos de Covid-19 em Fortaleza

4 leitura mínima
0
0
43

As regionais I e II seguem com os maiores casos de óbito para a Covid-19.

Na última sexta-feira, 25, foi emitido mais um boletim apresentando o cenário epidemiológico referente aos casos de Covid-19, em Fortaleza. Os dados atualizados no portal do Integra SUS, entre os dias 17 a 24 de setembro, apontam para 48.787 casos confirmados para a doença e 3.893 óbitos, sendo os bairros da Regional I e II os mais afetados pelo Sars-Cov-2.

De acordo com levantamento, a proporção de positividade das amostras (RT-PCR) analisadas pelo Lacen-CE foi de 5,3%. “Os dados apresentam baixo incremento diário. A proporção de amostras com resultado detectável para Sars-Cov-2 liberadas pelo Lacen-CE diminuiu na última semana”, apontou o relatório da Secretaria de Saúde do Município.

Tendo como pico do ciclo epidêmico entre os meses de abril e maio, o mês de setembro, especificamente na semana em análise, 17 a 24 de setembro, configura com a média móvel estimada de 14 casos, inferior à registrada duas semanas atrás com uma redução de 44%. Ou seja, 99% menor que a mensurada no ápice da epidemia em Fortaleza quando alcançou 918,1 casos.

Ressalta-se no estudo semanal, que a transmissão do vírus causador da Covid-19 segue em transmissão baixa, mas sujeita a pequenas oscilações. A ampliação da testagem direcionada a grupos específicos e sintomáticos é essencial para o monitoramento de eventuais surtos localizados.

Relativo aos óbitos nos últimos setes dias em análise, houve uma queda de 41% em comparação à mensurada quatorze dias antes, o que representa apenas 1,6%. “Na fase em que o município se encontra, de baixa transmissão viral, mínimas alterações no número de mortes alteram a média móvel desproporcionalmente”.

Na distribuição de casos por óbito por faixa etária e gênero, destaca-se que dos 70% dos casos, 23% das mortes ocorreram na faixa etária de 20 a 59 anos. De 26% dos casos, 77% das mortes foram confirmadas no grupo com 60 anos e mais. A maioria dos vitimados era do sexo masculino, 57%.

Na distribuição espacial dos óbitos, as regionais I e II foram as mais afetadas pelo vírus. Seguido das regionais III (Quintino Cunha, Autran Nunes e Pici), IV (Vila União e Serrinha) e V (Grande Bom Jardim, Planalto Airton Sena, Parque São José e José Walter). Os casos de morte aglomerou-se nos bairros mais periféricos da cidade.

Número de casos de óbitos por regionais

Regional Habitantes Casos Óbitos Tx. Mortalidade
I 396.135 5.489 729 184,0
II 395.593 10.119 634 160,3
III 392.480 5.166 553 140,9
IV 306.584 5.126 450 146,8
V 589.470 7.272 850 144,2
VI 589.080 8.905 671 113,9
Ignorado 6.710 6
Fortaleza 2.669.342 48.787 3.893 145,8

Foto: Érika Fonseca

Por: Rochelle Nogueira/ Câmara Municipal de Fortaleza

  • Duas praias do Grande Pirambu estão impróprias para o banho

    A praia localizada entre o espigão da avenida Desembargador Moreira e a Volta da Jurema, n…
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Givanildo Oliveira
Carregar mais covid-19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − quinze =

Verifique também

Eleições: candidatos agora só podem ser presos em flagrante

Regra vale até 48 horas após o pleito A partir deste sábado (31), nenhum candidato às elei…