Início Desemprego Ceará é o líder em geração de emprego na região Nordeste, mas desemprego segue em alta.

Ceará é o líder em geração de emprego na região Nordeste, mas desemprego segue em alta.

2 leitura mínima
0
0
40

O estado do Ceará lidera na geração de empregos no Nordeste com 16,4 mil novas vagas de emprego no mês de novembro. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (23) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Entretanto, segundo dados da Pnad Covid, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a quantidade de pessoas desempregadas no Ceará segue aumentando e já chegou a marca de 534 mil.

Desde do início da pandemia, de acordo com a Pnad, o número de desocupados passa dos 84%. No começo do mês de maio eram 289 mil desempregados e em novembro foram 848 mil. Já de acordo com o Caged, nos últimos dois meses houve um aumento no número de vagas no estado, o mês de outubro, por exemplo, teve 16,2 mil novas oportunidades de emprego.

Para a Caged, o Ceará tem o sétimo melhor saldo do país, ficando atrás de São Paulo (138,4 mil), Santa Catarina (33 mil), Minas Gerais (32,8 mil), Rio de Janeiro (32,6 mil), Paraná (29,8 mil) e Rio Grande do Sul (29,7 mil).

Entre os setores que mais geram oportunidades, segundo a Caged,  o de serviços foi o que se destacou sendo responsável por 5,9 mil vagas. Em seguida, aparecem a indústria (5,2 mil) e o comércio (3,7 mil). Construção (1 mil) e agropecuária (198) também contrataram mais que demitiram, embora em menor escala.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Kátia Alves
Carregar mais Desemprego

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 3 =

Verifique também

Fortaleza se destaca entre cidades da América Latina na ampliação da malha cicloviária durante a pandemia

A Prefeitura de Fortaleza, desde o início da pandemia da Covid-19, em março de 2020, impla…