Início Pirambu Menina do Pirambu é aprovada em seleção de escola de balé em Goiás

Menina do Pirambu é aprovada em seleção de escola de balé em Goiás

5 leitura mínima
0
2
816

Era 2009 quando a menina Geovanna Miranda, de 2 anos, moradora do Grande Pirambu, zona Oeste de Fortaleza, descobriu o mundo do balé, na Escola Pequenos Passos e hoje ela estuda ballet em Natasha Quintela Studio de Dança.

Geovanna foi uma dos 8 alunos selecionados para estudar na Escola do Futuro em Artes Basileu França, em Goiânia, em Goias. A companhia de dança é a primeira escola pública estadual de arte no Estado de Goiás.

A mãe Alexandra de Oliveira Ramos acompanha a filha três vezes por semana nos ensaios de balé na Escola Natasha Quintela Studio de Dança, no bairro Cidade dos Funcionários, zona Sul de Fortaleza.

“Essa audição foi online, eu fiz vídeos fazendo aula, com duas coreografias, mandei o meu currículo. Passei dois mêses, passando 4 a 5 horas no Studio, treinando, tendo aulas e ensaios para poder enviar os vídeos”, diz Geovanna

A mãe, Alexandra, comemorou o desempenho da filha. Ela disse que a filha irá morar sozinha em Goiânia-GO e que irá só acompanhar na viagem e organizar o apartamento e escola do ensino médio.

As aulas de balé clássico começam em 2021, em Goiânia-GO.

                                      Escola do Futuro em  Artes Basileu França

A escola se estabeleceu definitivamente na área atual no ano de 2002, tendo na direção a professora Sonia Maria de Araújo. O nome Basileu França foi uma homenagem ao escritor e jornalista Basileu Toledo França, uma vez que o Centro de Educação foi instalado em uma área que pertenceu à sua família.

Os Cursos de Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio em Artes foram implantados em 2006 e contemplam as áreas de: Arte Dramática, Artes Visuais, Dança (Ballet Clássico e Dança Contemporânea) e Música ( Canto, Instrumento Musical e Regência). Em setembro de 2013, após a autorização do Conselho Estadual de Educação de Goiás, teve início o Curso Superior de Tecnologia em Produção Cênica, com o objetivo de formar profissionais capazes de criar, executar e produzir espetáculos. A primeira turma de produtores cênicos se graduou em abril de 2016.

Nos anos de 2014 a 2017 a escola teve a  direção do Maestro Eliseu Ferreira da Silva. Inicialmente foi vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia e, a partir de 2015, à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Neste mesmo ano o nome da instituição foi alterado para Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (ITEGO) em Artes Basileu França.

A professora Lóide Batista Magalhães Silva assumiu a direção em maio de 2017, tendo como metas: ampliar a oferta do curso superior de Tecnologia em Produção Cênica, fortalecer o Ensino Técnico e consolidar as ações artístico-pedagógicas em âmbito nacional e internacional, alavancando, assim, o cenário artístico de nosso Estado.

 Por: Givanildo Oliveira-Comunicador e fundador do Portal de Noticias Pirambu News
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Redação Pirambu News
Carregar mais Pirambu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 8 =

Verifique também

Câmera de segurança flagra furto de bicicleta em comércio no Pirambu

Uma câmera de segurança do Mercantil Sandra, na Rua Nossa Senhora das Graças, flagrou o fu…